A Eletrônica na Odontologia

eletrônica na odontologia

A Eletrônica é o estudo das propriedades e aplicações de dispositivos que dependem do movimento de elétrons em semicondutores, gases ou vácuo. É o ramo da ciência que estuda os circuitos formados por componentes elétricos e eletrônicos. E no ramo odontológico há muitos aparelhos eletrônicos, por isso a eletrônica é importante na odontologia.

Seja para o dentista que almeja ter um equipamento melhor, mais moderno e com mais tecnologia, e com isso, mais eletrônica envolvida (componentes eletrônicos). Ou para o técnico que efetua as manutenções nesses aparelhos, portanto esse técnico terá que estar preparado para acompanhar essas mudanças.

A ELETRÔNICA É IMPORTANTE NA ODONTOLOGIA PARA A EVOLUÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

A eletrônica se tornou bastante complexa com os constantes avanços tecnológicos e os primeiros setores que absorveram tais avanços foram a telecomunicações, a automação industrial e a informática.

Mas são inúmeros setores que necessitam de especialistas em sistemas eletrônicos como exemplo no setor automobilístico, agrícola, eletroeletrônico, têxtil, odontológico, biomédica, mineração, entre outros.

Com a renovação constante das tecnologias, os equipamentos odontológicos também sofreram tais mudanças, é claro que para melhor. Tecnologia eletrônica para proporcionar melhor experiência e aproveitamento para os dentistas, e é claro que com mais tecnologia, dificulta mais para o técnico de manutenção em equipamentos odontológicos. Por esse motivo, para um técnico odontológico seria prudente ter um curso de eletrônica.

ELETRÔNICA NA ODONTOLOGIA – PRECISA DE UM TÉCNICO PREPARADO

 O que um técnico em eletrônica conserta?

Um técnico em eletrônica atua basicamente com o desenvolvimento, implementação e manutenção preventiva e corretiva de circuitos elétricos e eletrônicos, provenientes de fontes de energia renováveis ou não.  

Ele é responsável por manter em funcionamento os equipamentos que utilizam esse tipo de energia, garantindo sua geração, distribuição e medição para diversos tipos de estabelecimentos e equipamentos.

Um técnico em eletrônica é capaz de consertar televisores, rádios, computadores, aparelhos hospitalares, aparelhos odontológicos, aparelhos domésticos e industriais. Portanto, a capacidade de um técnico vai muito além da manutenção e reparos, atuando inclusive na projeção e execução de novos aparelhos.

O técnico em eletrônica pode trabalhar em diversos setores do mercado de trabalho. Geralmente, as áreas que mais demandam esse tipo de profissional para processos internos são a da construção civil, industriais (metalurgia e petrolíferas), empresas de telecomunicação, distribuição de energia, desenvolvimento de produtos eletroeletrônicos, hospitais, residências, odontologia e outras mais.

Atuar na área de eletrônica exige muita atenção, responsabilidade e cuidado do profissional, já que ele está trabalhando com a geração e distribuição de energia eletroeletrônica para os mais variados aparelhos eletrônicos.

Mercado de trabalho

Os profissionais formados em eletrônica encontram no mercado grandes oportunidades de trabalho. O técnico em eletrônica pode atuar na indústria automotiva, eletroeletrônica, sistema e hardware, sendo um parceiro muito próximo do engenheiro eletrônico.

A faixa salarial oscila de acordo com a complexidade do trabalho que deverá ser realizado e o nível de experiência do técnico. Podendo trabalhar registrado em uma empresa ou trabalhando como autônomo. Geralmente técnicos iniciantes chegam a ganhar quando registrados, um salário de R$1.600,00 à R$2.100,00.

Ou como autônomo entre R$ 1.900,00 à R$ 6.000,00, mas com a experiência adquirida durante os anos, esse valor poderá ser muito maior dependendo da empresa onde trabalha e/ou a região que presta serviços, é claro que como autônomo você terá que trabalhar mais no começo para construir uma lista de clientes.

O mercado está tão carente desses profissionais que muitas vezes eles acabam ganhando mais do que profissionais graduados.

O que precisa para ser um técnico em eletrônica?

Para se tornar um bom técnico em eletrônica, é preciso gostar de eletroeletrônica ou gostar da área que trabalha ou vai trabalhar, mas precisa de conhecimento em eletrônica. Desta forma, você será dedicado nos estudos e irá se empenhar mais, aprimorando seus conhecimentos.

Um curso técnico é essencial para que você comece a carreira com um bom salário e em uma boa empresa, te dando um conhecimento aprofundado e específico sobre a área de atuação.

É importante escolher uma plataforma de ensino competente, que tenha reconhecimento no mercado, professores capacitados e estrutura necessária para que você aprenda tudo sobre a profissão e possa completar o curso com um suporte garantido para retirar dúvidas, pois sempre haverá dúvidas até para os profissionais mais experientes.

Os cursos técnicos online estão se tornando cada vez mais importantes para aqueles que querem se dar bem em uma nova profissão, como a de técnico de eletrônica. Pois online você faz seu próprio horário e o curso presencial tem suas limitações.

A REAL IMPORTÂNCIA DA ELETRÔNICA NA ODONTOLOGIA PARA UM TÉCNICO ODONTO

Aprendendo eletrônica e conciliando com a profissão de técnico de manutenção em equipamentos odontológicos, você será um profissional completo para trabalhar com reparos de equipamentos odontológicos, podendo até se tornar um empreendedor de sucesso.

Portanto, a importância de estudar eletrônica é mais do que uma ação natural, mas necessária e ligada diretamente ao desenvolvimento tecnológico, econômico e social para abranger em diversas áreas de atuação.

Esse é um dos setores que está cada dia mais crescendo no mercado e necessita de profissionais capacitados.

CONCLUSÃO

A eletrônica é essencial para muitas áreas de atuações, inclusive na odontologia. Por esse motivo, o técnico de equipamentos odontológicos deveria fazer um curso de eletrônica para se tornar um profissional mais completo e passar credibilidade para seus clientes.

Se for um curso de eletrônica online com ênfase em análise de defeitos, seria melhor ainda. Porque com esse conhecimento em análise de defeitos, significa que você passará a descobrir os defeitos das placas eletrônicas, podendo conserta-las e não precisará mais troca-las e com isso terá um lucro maior em seus serviços.

Para que um técnico em equipamentos odontológicos não danifique a placa da cadeira da forma como mostrado nesse vídeo, seria melhor o mesmo fazer um curso de eletrônica rapidamente.

Se quiser saber mais sobre o Curso de Eletrônica com ênfase em Análise de Defeitos, Clique Aqui!

Ebook gratuito com várias dicas valiosas de consertos em alguns equipamentos odontológicos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.